Bem-vindos!

Olá
Espero que este blog lhe traga agradáveis momentos de leitura, meditação e distração.
Aproveite-o, mas lembre-se de que respeito e consideração sempre são devolvidos com amizade e carinho.
E voltem sempre, ok?
Bjc

Saudade

Tão distante e tão perto
Tão florido e tão deserto
Dolorida e querida
Real e imaginária
É essa saudade diária.
Alegre e triste
Por alguém que, às vezes,
Nem mais existe...
Saudade presente
Pelo que se perdeu
Dos olhos ausente
Das mãos se desprendeu.
Espera insone
Que no tempo o tempo consome...
E, um dia, ela se cala
Fica quieta, se acomoda.
No coração ela se embala
Em uma doce lembrança
De uma cantiga de roda.


Elizabete Bifano
20/10/2009

2 comentários:

  1. Parabéns! Você ganhou um selo do Blog de Ouro!
    Está na minha última postagem...confere lá!

    BeijO!
    ")

    ResponderExcluir